convergência tecnológica Produção x produtividade

Produção x produtividade: fique por dentro das principais diferenças

Produção x produtividade. Será que há diferenças entre os dois termos, ou eles devem ser encarados como sinônimos? É comum que várias pessoas, incluindo gestores e colaboradores, entendam que aumentar a produção significará, ao mesmo tempo, aumento na produtividade.

Em um tempo em que o uso dos termos está em alta, principalmente com a Indústria 4.0, é essencial conseguir diferenciá-los e entender como eles podem auxiliar a empresa a obter os resultados que deseja. Por isso, você verá neste post qual é o significado de ambos e quais são as diferenças entre eles.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira tudo que você deve saber!

O que é produção?

Produção está ligada à atividade que origina serviços, produtos ou volumes. Também lida com a diferença entre o volume do que é produzido, determinando o valor que deve ser acrescido aos recursos, mostrando se haverá lucro para a instituição.

Dessa maneira, pode-se também considerar como uma pedida de resultados. Isto é, um dado do que determinada empresa produziu em um determinado tempo. As informações são formas importantes para que o planejamento e controle da produção (PCP) seja realizado, orientando, no futuro, a forma com que os recursos de produção são pensados e utilizados.

Nesse sentido, a produção trabalha com o que precisa ser realizado mais do que como tudo isso deve ser feito. Torna-se, então, muito importante entender como o processo de produção está envolvido, já que é possível produzir em grande escala, mas, ao mesmo tempo, não ser produtivo.

Isso se deve, até mesmo, pelo fato de que aumentar a produção nem sempre eleva a produtividade. Com o aumento de trabalho e da quantidade de tarefas que precisam ser entregues, nem sempre a qualidade da empresa é atestada, afetando a produtividade.

Há muitas pessoas que associam a imagem da produção ao trabalhador braçal, principalmente àquilo que se via em filmes Charles Chaplin. Atualmente, entretanto, a produção também é feita pela Internet.

Além disso, há várias empresas que contam com um grande número de funcionários trabalhando, mas não conseguem os resultados que desejam. Em contrapartida, há outras que têm menos funcionários e conseguem resultados mais significativos.

O que é produtividade?

Já a produtividade pode ser definida como a capacidade de se fazer mais, mesmo trabalhando com menos recursos e em um tempo menor. Por isso, ela é vista como uma maneira científica para reduzir a quantidade de recursos materiais necessários, bem como a utilização de mão de obras, além de máquinas e equipamentos. O objetivo é diminuir os custos de produção, expandir a marca para novos mercados e até mesmo conseguir melhorar o padrão de vida.

Enquanto a produção está preocupada com a quantidade, a produtividade lida com a qualidade dos itens produzidos ou dos serviços executados. Ou seja, tem como objetivo estimular o trabalho e buscar por resultados melhores, fazendo com que a empresa possa crescer de maneira completa.

Diversas ações podem ser realizadas para que a produtividade seja aumentada, como identificar quais são as fontes de problemas, como desperdícios de tempo, de matéria-prima e de qualidade. Além disso, deve-se fazer todos os ajustes necessários para que o ambiente seja mais organizado e interessante para os colaboradores, bem como melhorar a comunicação interna e investir em melhor conhecimento de toda equipe. Já que se aprofundar é uma forma de produzir melhor o que já é feito pela instituição.

Quais são as principais diferenças?

Quando os gestores e colaboradores confundem os conceitos e acreditam que aumentar a produção é a mesma coisa que ampliar a produtividade, acontecem ruídos de informação que podem prejudicar o trabalho realizado, uma vez que é possível maximizar a produção e ainda diminuir a produtividade.

Várias vezes, trabalhar com um alto volume de produção, sem procurar a melhor infraestrutura e conhecimento, pode comprometer toda a qualidade da entrega. Dessa maneira, a produtividade poderá diminuir e tornar necessário refazer os processos. Para piorar, os clientes podem ficar insatisfeitos, o que levará a prejuízos.

Para exemplificar, a utilização de horas extras para elevar a produção pode levar à queda de produtividade. Embora a medida seja para elevar a produção, o tempo em que o colaborador deve trabalhar aumenta, bem como os custos com os trabalhadores. Além disso, se muito cansados, os profissionais poderão não utilizar os recursos de maneira adequada, reduzindo o lucro obtido com a produção.

Por isso, os processos devem ser conhecidos de maneira detalhada para que as atividades sejam facilitadas. Assim, pode-se ter um planejamento mais efetivo para antecipar as principais necessidades dos colaboradores e da própria empresa, utilizando os recursos e o tempo da melhor maneira possível.

Além disso, analisar a produtividade é fundamental para que a performance dos colaboradores e da instituição, em sua totalidade, seja medida. Assim, pode-se pensar em maneiras para minimizar os prejuízos e conseguir aproveitar de forma mais efetiva os recursos disponíveis.

Como aumentar a produtividade?

Para aumentar a produtividade de uma empresa é necessário, dentre outras ações:

  • proporcionar treinamentos para os colaboradores e gestores;
  • fazer com que a comunicação entre os setores e os colaboradores seja mais clara e objetiva;
  • automatizar tarefas repetitivas;
  • ter planos para elevar a produtividade, contando com metas estratégicas;
  • reconhecer os feitos dos colaboradores e motivá-los a melhorar ainda mais;
  • criar uma cultura de colaboração entre os profissionais e incentivá-la;
  • fazer revisões constantes dos processos;
  • conhecer e entender as diversas formas e estilos para aumentar a produtividade;
  • adquirir a melhor tecnologia necessária ao a execução dos serviços;
  • diminuir os hábitos que tendem a minimizar a produtividade;
  • usar as melhores ferramentas de gestão e otimização para aumentar a produtividade.

Por isso, pode-se dizer que produtividade e produção são conceitos que devem ser aplicados aos mais variados tipos de negócio. Ao acompanhá-los fica mais fácil otimizar os processos e acompanhar como eles podem ajudar a alcançar os resultados desejados. Entretanto, não se deve confundir o aumento da produção com ampliação de produtividade, já que nem sempre se têm ambos resultados.

Como você viu não há um duelo de produção x produtividade. Ao contrário, os dois conceitos podem e devem ser usados para conseguir avaliar se os processos da empresa têm sido realizados da melhor maneira possível. Entretanto, cada um deve ser analisado de acordo com o próprio significado.

Gostou deste texto? Então, curta nossa página no Facebook e descubra tudo que podemos fazer para ampliar a produtividade do seu negócio.

Receba nossas dicas gratuitamente em seu e-mail! Assine agora!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.