Seu PC anda esquentando muito? Conheça as 4 principais causas!

Apesar de ser normal que o seu computador esquente durante o uso, o superaquecimento pode resultar em uma série de problemas que darão dor de cabeça a você mais para frente. As peças responsáveis pelo resfriamento do sistema são a ventoinha e o dissipador de calor do processador. Com eles em dia, dificilmente seu PC chegará a temperaturas muito elevadas.

Os usuários de notebook ainda têm uma preocupação a mais, pois, geralmente, costumam usar o aparelho em cima de colchões, cobertores ou outras superfícies que obstruem as saídas de ar. Qualquer temperatura acima de 55°C já pode causar um grande estrago nos componentes e diminuir a vida útil do seu computador.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para identificar as causas do PC estar esquentando muito e como resolver esse problema. Confira no post abaixo!

1. Pasta térmica “vencida”

Geralmente, o processador vem de fábrica com uma pequena quantidade de pasta térmica entre ele e o dissipador. Eventualmente, esse composto pode endurecer ou perder a sua eficiência, causando o aumento da temperatura. Assim, é necessário fazer a troca dessa substância.

Mas cuidado! Se você não tiver experiência, é melhor levar para um técnico, pois o processador é muito delicado e qualquer movimento em falso pode danificar seus conectores.

2. Sujeira nos componentes

Mais frequentemente do que você imagina, a sujeira é a causadora de grande parte dos problemas de lentidão, superaquecimento ou até danos mais graves, como a perda de algum componente. Um lugar que costuma juntar muita poeira é, com certeza, o dissipador e o cooler.

Mas, antes, verifique se a garantia do seu PC permite que você o abra, ok? A maneira mais fácil de limpar é com um soprador de ar, mas um pincel funciona bem também.

3. Obstrução ou falha nas ventoinhas

O seu problema pode ser até mais simples de resolver. Se algo está atrapalhando a operação das ventoinhas, elas não conseguirão resfriar o computador o suficiente e ele superaquecerá, podendo até reiniciar para manter a sua integridade.

Apesar disso acontecer normalmente após alguma mudança, a própria sujeira ou cabos que se soltaram podem interromper o funcionamento. Ou talvez seja hora de atualizar esse componente por um mais moderno.

4. Tarefas muito pesadas

É verdade que a CPU é a grande responsável pelas altas temperaturas, mas memórias mais rápidas e placas gráficas mais modernas muitas vezes também produzem grande parte do calor.

Ou seja, isso quer dizer que as tarefas que estão sendo executadas talvez estejam sendo demais para a sua configuração atual. Para atenuar isso, evite rodar muitos programas pesados ao mesmo tempo. Se isso não for possível, cogite a possibilidade de colocar uma ventoinha dedicada aos componentes.

Apesar de existirem mais causas para o PC estar esquentando muito, essas com certeza são as principais. Se você verificar que nenhuma delas é a responsável pelo problema, é necessário levar até um técnico especializado ou acionar a garantia do seu aparelho. Pequenos ajustes e limpezas podem ser feitos pelo usuário, mas sempre é indicado que as manutenções ou consertos sejam realizados por profissionais.

O conteúdo foi útil para você? Deixe um comentário com as suas dúvidas ou sugestões aqui no post!

Receba nossas dicas gratuitamente em seu e-mail! Assine agora!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.