Você sabe a diferença entre HD e SSD? Venha descobrir!

Quando o assunto é armazenamento, as empresas sempre procuram as opções que podem ajudá-las a executar suas tarefas. Cada uma delas tem objetivos e necessidades diferentes. Por isso, ao pensar nas possibilidades, elas devem ser consideradas de acordo com o perfil que elas têm.

As principais opções são HD e SSD. Cada um deles têm vantagens e desvantagens. Então, como decidir? Para ajudar nisso, você verá neste post o que cada um desses nomes significa e quais são as diferenças entre eles.

Quer tomar a melhor decisão? Então, veja agora todas as informações que você precisa saber. Boa leitura!

O que é um HD?

O Hard Disk ou Disco Rígido começou a ser desenvolvido ainda nos anos 50. Apenas 20 anos depois se popularizou da forma conhecida hoje. nos computadores e notebooks (com versões de 3,5 e 2,5 polegadas, respectivamente).

Com o tempo, diversas mudanças aconteceram na estrutura, e os antigos cabos IDE foram trocados por SATA.

Para o funcionamento, o HD trabalha com discos móveis que conseguem armazenar as informações. O revestimento do item é de alumínio e os dados são armazenados em um local composto com material magnético. A escrita e leitura são realizadas por cabeçotes que contam com braços capazes de acessar todas as partes que precisarem.

O que é um SSD?

A ideia do SSD começou nos anos 70, mas ganhou a forma que conhecemos hoje apenas no final dos anos 2000. Para a conexão do item com os dispositivos, utilizam-se cabos SATA ou conectores PCI-e, que são variáveis, de acordo com os desejos dos fabricantes.

Em vez de usar discos móveis, o SSD conta com memórias Flash para que o armazenamento das informações seja realizado. Normalmente, só há um tamanho: 2,5 polegadas, que pode ser instalado tanto em computadores quanto em notebooks.

Quais são as diferenças entre HD e SSD?

Quer saber como as tecnologias se diferenciam e quais são as vantagens e desvantagens de cada uma delas? Então, confira agora!

Preço

Como você viu, o disco rígido se popularizou primeiro. Nesse sentido, é possível encontrá-los em diversos tamanhos e a preços populares. O mesmo não pode ser dito do SSD, que ainda está se popularizando — os preços ainda são mais altos para se obter uma capacidade menor de armazenamento.

Entretanto, tal realidade está mudando. A cada dia, os preços se tornam mais competitivos e a tendência é que isso se intensifique ainda mais, já que a procura pelo item tem aumentado.

Velocidade

A velocidade que um SSD atinge na troca de informações é um dos grandes trunfos da tecnologia. Ela pode chegar até 500 MB/s. Isso faz com que o sistema operacional possa ser carregado mais rapidamente. Até mesmo programas pesados apresentam ganhos para serem iniciados, se comprados com um HD convencional.

Falando em HD, como ele funciona mecanicamente, o tempo para que as informações sejam acessadas ou modificadas é muito maior, pois a velocidade varia apenas entre 50 à 120 MB/s. Por isso, todas as pessoas e empresas que desejam aumentar a produtividade têm no SSD um grande aliado.

Resistência

Um dos grandes problemas dos HDs é a falta de resistência. Mesmo com pequenas quedas, os cabeçotes ou outras partes mecânicas do disco podem sofrer danos, dificultando até mesmo a recuperação das informações. Nesse caso, é essencial se certificar de que os computadores ou notebooks serão transportados com segurança para evitar que quedas aconteçam.

Por outro lado, como o SSD não tem discos móveis, ele dificilmente sofrerá algum dano ou perda. Soma-se a isso a inexistência de corrupção de arquivos ou mesmo perdas por interferência magnética.

Barulho

Como o HD funciona com cabeçotes, é comum que os usuários escutem ruídos do dispositivo funcionando. Dependendo do modelo, eles podem até incomodar um pouco, o que era muito comum no passado. No caso do SSD isso não ocorre, já que não há nenhum funcionamento mecânico. Como somente as memórias Flash são acessadas, nenhum ruído é escutado.

Consumo de energia

Não ter peças mecânicas também é importante para economizar energia. O SSD tende a economizar até 2 vezes mais se comparado a um HD convencional, fazendo com que a montagem do computador ou notebook seja mais econômica energeticamente.

Durabilidade

Mesmo que seja mais resistente, a gravação feita no SSD diminui a capacidade da célula em segurar cargas elétricas no futuro. Mas, como o HD tem várias partes mecânicas que podem se soltar ou se desgastar, também não há uma promessa infalível de durabilidade.

Ainda assim, pode-se dizer que a vida útil do HD é maior do que a de um SSD, mas ambos contam com uma boa durabilidade. De acordo com TechReport, um SSD consegue suportar até 700 TB de informação antes de apresentar problemas. Como a média de uso comum é próxima de 20 TB, pode-se garantir que o dispositivo funcionará por um bom tempo antes de apresentar problemas.

Capacidade de armazenamento

Embora já existam modelos superiores de SSD, os mais baratos e comuns têm entre 120 a 240 GB de espaço. Os demais tendem a ter um valor salgado. Já os HDs podem ser encontrados em diversos tamanhos, inclusive superiores a 1 TB.

Por isso, o mais comum em muitos casos é fazer a mescla entre os dois tipos, usando o SSD para abrir programas e sistema operacional e o HD com os dados convencionais. Dessa forma, os principais benefícios de ambos modelos podem ser unidos, além de aumentar o custo-benefício. Entretanto, vale a pena ressaltar que, para tomar a melhor decisão, é necessário definir como os equipamentos serão utilizados.

Como você viu, é possível escolher entre HD e SSD e até mesmo utilizá-los ao mesmo tempo. Para tanto, é necessário conhecer qual é o seu perfil de uso antes de indicar a melhor opção, pensando em custo-benefício, velocidade, qualidade e capacidade de armazenamento. Por isso, é essencial que você converse com profissionais qualificados que possam mostrar as melhores opções para você.

A BuckOne está disposta a ajudar você a atingir seus objetivos. Quer saber mais? Então, veja todos os serviços que disponibilizamos e entre em contato. Esperamos por você!

Receba nossas dicas gratuitamente em seu e-mail! Assine agora!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.