Entenda mais sobre cloud computing e por que investir!

Você pode nem perceber, mas o cloud computing já faz parte da sua vida, em diversos momentos do dia. Se você envia um arquivo anexo por e-mail, por exemplo, está utilizando essa tecnologia. O mesmo acontece quando acessa as redes sociais e, em alguns casos, o software de gestão da sua empresa.

Isso acontece porque o cloud computing está intrinsecamente ligado com a transformação digital que estamos vivendo. É por causa desse tipo de serviço que se torna cada vez mais comum o trabalho em home office ou em coworkings, por exemplo.

Entender sobre o cloud computing e investir nisso é relevante para as empresas — e foi pensando nisso que desenvolvemos este artigo. Continue a leitura e esclareça as principais dúvidas que os empresários têm sobre o assunto. Vamos lá?

Afinal, o que é cloud computing?

Podemos definir a cloud computing como um recurso tecnológico que possibilita o acesso remoto aos mais diversos tipos de serviços online. Dessa forma, não é necessário que os arquivos estejam guardados no computador, celular ou outro dispositivo para ser acessado. Eles ficam armazenados em uma nuvem virtual, o que possibilita que sejam acessados em qualquer lugar.

Ao utilizar um software de gestão em nuvem, por exemplo, muitas atividades não precisam ser necessariamente realizadas na sede da empresa. Vamos supor que o gestor está em uma viagem e quer acompanhar o andamento das demandas de sua equipe.

Com a cloud computing isso é possível, uma vez que basta ele estar conectado à internet para ter acesso aos programas. Para isso, pode-se ir a um coworking ou até mesmo utilizar o wi-fi do hotel em que está hospedado.

Quais são os principais tipos de cloud computing?

Existem três tipos de cloud computing: a nuvem pública,a nuvem privada e a nuvem híbrida. A seguir, explicaremos cada uma deles mais detalhadamente.

Nuvem pública

A nuvem pública é ideal para as empresas que querem investir em cloud computing, mas não dispõem de muita verba para gastar. Nesse modelo, todas as informações ficam armazenadas em um espaço público, mas de forma separada.

Resumidamente, as empresas dividem o espaço umas com as outras. Isso, porém, não dá direito a que outras pessoas acessem informações sigilosas do seu negócio. Apenas pessoas de sua confiança, mediante login com usuário e senha, conseguem desenvolver isso.

Nuvem privada

A nuvem privada, por sua vez, consiste em um espaço que é pago pelas empresas. Desse modo, as informações não dividem o local com os dados de outras companhias.

Entre as principais vantagens da nuvem privada, está o fato de ser possível fazer personalizações nas configurações, de acordo com a realidade de cada empresa.

Nuvem híbrida

Finalmente, temos a nuvem híbrida, que mescla características da nuvem pública e da nuvem privada. Isso quer dizer que alguns recursos podem ser usados de modo privado, enquanto outros apenas publicamente.

Não existe um modelo de nuvem que é melhor ou pior para uma empresa. São diversos os fatores técnicos envolvidos na escolha — e é indicado o auxílio de um profissional para isso.

Quais são as aplicações de cloud computing mais comuns nas empresas?

As aplicações de cloud computing podem ajudar as empresas em diversas situações. Veja, a seguir, algumas das mais comuns.

Armazenamento e recuperação de dados

Esse tipo de aplicação possibilita que os dados sejam enviados para a nuvem, para que possam ser acessados em qualquer local. É o caso dos softwares de gestão em cloud, que comentamos anteriormente.

Também existem apps que possibilitam o backup, ou seja, a recuperação de dados. Nesses casos, as aplicações em nuvem são utilizadas para guardar as informações em locais seguros, para poder utilizá-las, no caso de perdas.

Análise de dados

O cloud computing também é bastante utilizado no formato de plataformas para análise de dados. Dessa forma, todas as informações relevantes podem ser armazenadas em um aplicativo.

O objetivo dessas aplicações é possibilitar a análise de dados, para que as tomadas de decisões tenham maior embasamento.

Monitoramento

As aplicações de nuvem também são úteis para o monitoramento das atividades. Por meio de softwares que registram as atividades realizadas pelos colaboradores, os gestores podem acompanhar o que está sendo desenvolvido.

Como as soluções são em nuvem, é possível monitorar as atividades em qualquer local, desde que exista a conexão com a internet.

Conectividade

A conectividade é garantida por meio das soluções de computação em nuvem, uma vez que fica mais fácil de os usuários conseguirem desenvolver ações que conectam uns aos outros mesmo que estejam fisicamente distantes.

Exemplo disso são as transmissões de áudio e vídeo, que podem ser utilizadas como forma de produção de conteúdo ou conversas ao vivo. Em todas essas circunstâncias, a nuvem é utilizada para armazenar os dados.

Controle de acessos

Também são comuns os aplicativos de cloud computing que dão controle de acesso às informações da empresa. 

Eles possibilitam que os dados sejam acessados apenas mediante apresentação de senha. Assim, tudo fica mais seguro.

Que benefícios as empresas têm ao investir em cloud computing?

São diversos os benefícios que as empresas têm ao investir em cloud computing. Falaremos, a seguir, sobre os três principais. Veja!

Segurança

Os sistemas em nuvem são seguros e evitam que pessoas desautorizadas acessem os dados da sua empresa. Isso é importante, inclusive, para que a organização cumpra a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Redução de custos

É mais barato armazenar dados em nuvem do que em data centers fixos. Isso porque se exige bem menos atualizações e manutenções. Além disso, o cloud computing é muito mais escalável.

Acessibilidade

Ao usar a computação em nuvem, ganha-se muito em acessibilidade. Ficará muito mais fácil de acessar as informações da empresa em qualquer local. Esse é, sem dúvida, o principal benefício da tecnologia.

Entendido sobre a cloud computing e o porquê de você investir nisso na sua empresa? Esperamos que o nosso artigo tenha sido esclarecedor e que sirva para que você busque saber mais sobre o assunto.

Quer continuar tendo acesso a informações relevantes como essa? Então siga a nossa página no Facebook e acompanhe tudo diretamente da sua timeline!

Receba nossas dicas gratuitamente em seu e-mail! Assine agora!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.